Direitos da Criança

domingo, 30 de março de 2008

Passarinho me contou

Fichamento Literário / Estela Magalhães Ribeiro 30/03/2008

TÍTULO: Passarinho me contou
AUTOR: Ana Maria Machado












ILUSTRADORES: Ivan e Marcello












CRÍTICA – O que você achou do livro? Por quê?
O livro fala sobre um reino que era muito belo. Tinha praias, rios, mar, peixes, baleias, ilhas, canoas, tinha coqueiral, trem e um castelo. Um reino muito longe daqui. Lá havia abelhas, havia muitas plantas, árvores de muitos tipos. Mas nas florestas é onde tinha muitos bichos. Havia araras, jaguar, tamanduá, havia tatu. Mas o que era mais bonito eram os pássaros. Havia beija-flores de muitos tipos. Um dia muito belo (até aí nada de mais, porque nesse reino tudo era belo) o rei convocou muitos super-heróis, cavaleiros de todos os países para resolver o problema. Aí da janela começou a contar uma coisa que tinha acontecido e que ele queria resolver. Aí ele começou a contar: um dia um velho que tinha chegado de muito longe, tinha atravessado o reino todo e queria ficar no castelo da família real, um pouco. Aí o rei perguntou: Você não acha esse reino muito belo? O velho respondeu: é... é bonito. Então o rei achou que ele estava muito cansado e não conseguia enxergar direito porque o rei achava o próprio reino muito bonito. Então o rei foi lá e deixou o velho tomar um banho, deitar na rede e beber água de coco. Aí o velho disse: esse reino tem muito problema. Que problema? O problema é... e antes de terminar de contar qual era o problema o velho caiu no chão morto. Então o rei pediu para os cavaleiros resolverem o tal problema. Mas nenhum conseguiu. Ao invés disso, eles roubaram muitas das riquezas do reino. Aí, o rei viu no meio da multidão, duas crianças e mandou elas entrarem. Elas disseram que seus nomes eram João e Maria e que elas eram netas do velhinho que veio para a cidade. Elas moravam num lugar do reino que não tinha coisa boa, nem comida, nem água. Na viagem elas viram baratas escondendo dentro de casa, patrões expulsando pessoas, rio secando, peixe morrendo, boi morrendo, enterro, fome, morte, fome .... O rei ficou muito bravo porque eles falaram de muitos problemas e o rei só queria ouvir coisas boas. O rei dispensou todos os cavaleiros que estavam esperando para enfrentar os perigos. As crianças não sabiam escrever e resolveram deixar um recado com o passarinho que era um pedido de desculpas. Mas o recado ficou muito longo e então o passarinho só conseguiu se lembrar do final do recado que era; problema da gente, problema da gente. O rei marcou uma reunião com todas as pessoas do reino pra discutir as coisas más do reino. Se deu certo, ninguém sabe. Mas quando a Ana Maria Machado presta atenção no canto dos pássaros dá prá ouvir o canto deles dizendo: tesouro da gente, tesouro da gente.
Eu achei o livro muito legal porque ele fala sobre um reino. Eu acho que esse reino é o Brasil. Porque todo mundo acha ele muito bonito só que na verdade tem muita gente morrendo e tem muita gente roubando as riquezas do Brasil também. E eu sou brasileira!

Você já leu outro livro dessa autora? Quais?
Já. Menina bonita do laço de fita, Avental que o vento leva, Mico Maneco, Fome danada, Tatu bobo, Cabe na mala, Menino Poti, De carta em carta, Meu reino por um cavalo, Um dia desses.

O que você percebeu de comum nos livros dessa autora?
Essa autora escreve muitas coisas rimadas. Ela adora escrever livros com paca e tatu.

Você já leu livros, poemas ou escutou músicas que falavam sobre o mesmo assunto do livro lido? Quais?
http://www.anamariamachado.com/livros/livro.php?cod_livro=129

2 comentários:

anapan9 disse...

Oi Estela passei aqui outra vez para dizer que descobri que hoje é o Dia Internacinal do livro Infantil.... Você sabia?
O Dia Internacional do Livro Infantil comemora-se desde 1967, no dia 2 de Abril, data em que nasceu Hans Christian Andersen, famoso escritor e poeta dinamarquês de histórias infantis, donde se destaca "O Patinho Feio", "O Soldadinho de Chumbo", "A Pequena Sereia", "A Princesa e a Ervilha", entre outros.


Beijinhos e até breve!!!
Ana Paula

Anônimo disse...

Oi estela, achei esse fichamento muito legal e interessante, gostaria muito de ler este livro, pois com sua critica concegui perceber que você achou o livro legal e com isso tambem gostaria de ler.

Achei a sua cara esse livro pela sua critica.
beijinho!